Alternativas: NewPipe

Esse é o primeiro artigo inaugural dessa série que eu venho pensando em fazer já faz um tempo, chamado Alternativas. Quero usar ela para demonstrar algumas opções de software livre que são alternativas a suas contrapartidas proprietárias ou mais conhecidas.

Hoje, falaremos sobre uma alternativa bem interessante e bem representativa do potencial do movimento software livre, uma alternativa ao aplicativo oficial do YouTube chamado NewPipe.

Eu acredito que ele representa muito o potencial do movimento software livre, por conta da vasta gama de funcionalidades que ele disponibiliza sobre o aplicativo oficial, permitindo assistir os vídeos sem anúncios, escutar uma “versão de áudio” dos vídeos, ver os vídeos em perspectiva — assistir o vídeo em uma janela arrastavel enquanto usa outros aplicativos no celular —, além de todas as opções básicas como subscrever, dar like, comentar vídeos, se inscrever em um canal sem precisar de uma conta do YouTube/Google, poder baixar um vídeo ou uma faixa de áudio do mesmo, ver os vídeos em ordem cronológica (tchau algoritmo) e até mesmo importar e exportar as suas inscrições.

Isso são tudo opções que, além de serem convenientes, são opções pagas do YouTube, por 20 reais por mês.

Na minha visão, isso torna o NewPipe um caso de estudo perfeito, porque demonstra claramente o quanto os nossos valores são diferente dos valores de softwares proprietários, de tal maneira que torna o NewPipe muito melhor que o aplicativo oficial, simplesmente porque é focado nas qualidades que o usuário quer e existe pra tornar a vida dos seus usuários melhor e mais facil, tudo isso de graça.

Esse modelo centrado no usuário é o que difere do aplicativo oficial. Um modelo que busca moldar a relação de software com usuário, pensando justamente naquilo que é benéfico para o usuário, sem dark patterns (padrões obscuros)1, trabalhando na ideia de permitir que todo mundo possa usar as funcionalidades, que são em certa medida, básicas ou de um interesse comum para os usuários (escutar aquele lo-fi enquanto estuda, ou poder assistir o vídeo enquanto navega em outro aplicativo). Também vale mencionar o fato de que o aplicativo do YouTube está constantemente adquirindo dados sobre você através de tracking e analytics e como você usa o aplicativo de forma a pensar e moldar o aplicativo a sempre colocar os interesses deles sobre os seus, enquanto o NewPipe nunca sequer se preocupa com isso 2. O aplicativo proprietário explora os usuários enquanto o NewPipe e o software livre empodera (odeio esse termo) os usuários.

Evidentemente, existem diversas razões, tanto políticas quanto filosóficas acerca do porque precisamos usar e dar suporte a software livres. E acredito que a melhor forma, é justamente dessa, de mostrar que o aplicativo construído para os usuários é simplesmente melhor, mais simples, e oferece tudo aquilo que um usuário quer naquela plataforma sem exploração, auditavel e gratuito.

Sobre o Projeto

O projeto começou pelo Christian Schabesberger e é co-mantido por uma equipe de seis voluntários, além de ter mais de 478 colaborações 3 de usuários por todo globo.

O aplicativo está disponível no F-Droid para download e pesa apenas 7.4MB ao contrário dos 144MB do aplicativo oficial.

O projeto está sob a licença GNUv3 e pode-se ler sobre o projeto e conhecer o código-fonte dele aqui.

O NewPipe é um ótimo representante do porque devemos dar suporte e continuar a construir uma perspectiva voltado ao movimento software livre.


  1. Dark Patterns é um tipo de “técnica” adotado em em interfaces de usuário para induzir o usuário a fazer algo indesejado ou impedir de fazer algo, como por exemplo ocultar detalhes, forçar o usuário a passar por diversos processos para realizar uma ação ou fazer com que itens não relacionados sejam parecidos. ↩︎

  2. Justamente por termos acesso ao código fonte dele e dele ser construído colaborativamente é que podemos afirmar isso, enquanto o aplicativo proprietário, não. ↩︎

  3. https://github.com/TeamNewPipe/NewPipe/graphs/contributors ↩︎


Ficou com alguma dúvida ou viu alguma coisa que não curtiu em relação a esse post? Vamos discutir sobre, manda um email lá na minha caixa de entrada pública ~porcellis/public-inbox@lists.sr.ht